Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2009
Inclusão racial é tema de reunião  01 de novembro de 2009 Jaraguá do Sul – As práticas da Secretaria de Educação e da própria Câmara de Vereadores em prol da inclusão racial chamara a atenção da chefe de gabinete da Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial, professora Sandra Rodrigues Cabral. Ela, e o sociólogo e consultor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, João Carlos Nogueira, estiveram em Jaraguá do Sul, no dia 26.
A visita serviu para estimular a promoção da igualdade racial e aplicação da lei federal que torna obrigatória a inclusão da história e cultura afro-brasileira nos currículos escolares. Além da lei de 2008, que obriga a inclusão no currículo oficial da temática história e cultura afro-brasileira e indígena.
Sandra e Nogueira se reuniram com representantes da Secretaria de Educação e com os vereadores Justino da Luz e Francisco Alves, e ficaram impressionados com a força do movimento negro na cidade, representado pelo Moconevi. Também pelo …

BOLETIM INFORMATIVO

Caravana do Axé
Terreiros de portas abertas para a promoção da saúde, cultura e cidadania
Caravana do Axé é uma iniciativa pioneira da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro, em parceria com a Rede Nacional de Religiões Afro-Brasileiras e  Saúde e a Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro.
O Projeto tem como objetivos: garantir o direito humano à saúde e a cultura, o reconhecimento dos terreiros como espaços promotores de saúde, realização de atividades culturais e de promoção da saúde valorizando a visão de mundo dos terreiros, ampliar o acesso e a integração dos terreiros com os serviços de saúde locais e o fortalecimento do controle social de políticas públicas de saúde pelo “povo de santo”.

Lançamento oficial e coquetel: 20 de novembro de 2009 às 14 horas.
Local: Centro Cultural Calouste Gulbenkian – Cidade Nova –RJ
Informações pelo telefone: (21) 2503-2270 ou pelo e-mail semireligafro2007@yahoo.com.br

VAI ACONTECER NÃO PERCAM !!!!

CARAVANA DO AXÉ

Em parceria com a Rede Nacional de Religiões Afro-brasileiras e Saúde, o Ilê Olorofibô e a Comunidade África Brasil fará a primeira ação do projeto Caravana do Axé no dia 5/11/2009 à partir das 14:00h em Sepetiba- Rj. Teremos a presença da Secretaria Municipal de Saúde do Estado do Rio de Janeiro representado pelo Dr Paulo Ivo articulando várias informações importantes de interesse da comunidade de Sepetiba e de outros ilustres convidados...

Contamos com a sua presença!



Maiores informações ligue para: (21)9999-8238
(21)8612-8413
Falar com Yá Zezé de Obá.

ELES TAMBÉM FAZEM PARTE DA NOSSA HISTÓRIA

Educadores participaram de seminário em MT sobre povos e culturas indígenas.

O programa de Informações Sobre os Povos e Culturas Indígenas, Seminário para Educadores está sendo realizado, em Barra do Garças – MT, no auditório da Faculdade Cathedral, durante os dias 26 e 28 de outubro, reúne 73 professores da região, entre eles indígenas e não-indígenas . O seminário tem como objetivo informar sobre os povos e culturas indígenas, visando à garantia dos direitos indígenas às políticas especificas de educação e o direito à cidadania.A Coordenadora de Apoio pedagógico da Funai, Neide Siqueira, destacou que o evento “pretende dar visibilidade à questão indígena aos educadores que atendem estudantes indígenas em escolas da região”. O professor Eliseu Tsipré, da Escola Municipal Indígena do Ensino Fundamental Iró’órãpe, conhecida como Tatu Escola, colocou que a “princípio pensava que o estudo confundia as pessoas, e hoje, posso ver que fortalece a cultura do meu povo, aprimora o pensamento hu…

BOLETIM INFORMATIVO

Seminário debaterá a situação dos quilombolas

Entre os dias 28 e 30 de novembro, Montes Claros sediará o Seminário Integrado de Políticas para Comunidades Quilombolas, parte do Programa Brasil Quilombola (PBQ). O acontecimento está sendo organizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, em parceria com a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.Segundo a coordenadora do Fórum Intergovernamental de Promoção da Igualdade Racial (FIPIR), Maria do Carmo Ferreira da Silva, foram convidados representantes de mais de 20 municípios do norte e nordeste do estado, onde há remanescentes de comunidades quilombolas.- O seminário integrado busca promover a articulação das políticas públicas voltadas para a agenda dos quilombolas, nas áreas de infra-estrutura, saúde, assistência social, segurança alimentar e educação, explica.Para a coordenadora de Políticas de Promoção da Igual…

BOLETIM INFORMATIVO

Um museu voltado totalmente à arte indígena Museu de Arte Indígena vai ser inaugurado em Clevelândia em novembro e é o primeiro do estado a destinar este espaço à cultura indígena.

O acervo de mais de 500 peças revela um lado do Brasil desconhecido por muitos brasileiros: a arte plumária das mais diversas tribos indígenas, artesanato, como cerâmica e máscaras (foto: Divulgação) “O Brasil ainda tem índio”. Foi com essa surpresa que a pesquisadora Julianna Rocha Podolan conheceu a primeira aldeia indígena na região do Pantanal e agora, doze anos mais tarde, inaugura o Museu de Arte Indígena (MAI), o primeiro museu do Paraná dedicado exclusivamente a produção artística dos índios brasileiros, localizado em Clevelândia, no sudoeste do Estado.

Em suas inúmeras viagens pelos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul Julianna decidiu sair do convencional: quis conhecer tribos indígenas e tudo o que era produzido por elas. “Eu fui aos poucos comprando alguns materia…

QUAL É A SUA RAÇA?

QUAL É A SUA RAÇA?
Um dos primeiros passos é a lei 10.639/03, que altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) Por Elizete FeliponiNos apegamos ao conceito de raça para justificar práticas e rótulos de exclusão e, ainda, para inventar e legitimar uma superioridade entre culturas. A palavra raça automaticamente nos remete a outras: preconceito e intolerância, as quais estão presentes nas mais diversas situações, e não apenas quando o assunto abordado é a cor da pele. O termo raça foi amplamente difundido pelos colonizadores, como uma tentativa de explicar o tráfico e a escravidão de pessoas. Era a forma de animalizar aqueles que estavam sendo tratados como animais. A contribuição da igreja também foi marcante, pois, na época, era considerado civilizado apenas quem era cristão. Motivos mais que suficientes para menosprezar a formação e a cultura de um povo.Biologicamente, somos todos parecidos e, segundo a teoria da evolução, somos todos africanos, descendentes da linhage…

VAMOS ESTARMOS JUNTOS NESTA CARAVANA

Caravana do Axé
Terreiros de portas abertas para a promoção da saúde, cultura e cidadania.Caravana do Axé é uma iniciativa pioneira da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro, em parceria com a Rede Nacional de Religiões Afro-Brasileira e Saúde,e a Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro.A proposta da Rede Nacional de Religiões Afro-brasileiras e Saúde é fazer a caravana andar e chegar em outros estados e municípios.O Projeto tem como objetivos: garantir o direito humano à saúde e a cultura, o reconhecimento dos terreiros como espaços promotores de saúde, realização de atividades culturais e de promoção da saúde valorizando a visão de mundo dos terreiros, ampliar o acesso e a integração dos terreiros com os serviços de saúde locais e o fortalecimento do controle social de políticas públicas de saúde pelo “povo de santo”.No dia 06 de novembro de 2009, às 16h, a Caravana do Axé vai chegar no Ilê de Omulu e Oxum para saudar a Yalorixá Meninazinha da Oxum.V…

BOLETIM INFORMATIVO

Convite

Dia 05 de novembro o CIAFRO - Centro de Integração da Cultura Afro-Brasileira estará realizando o I Seminário Pró-Saúde da População Negra em Nilópolis.

O horário do seminário será das 14 às 19h na Rua Senador Salgado Filho, 818 Olinda – Nilópolis. O seminário tem como objetivos discutir os impactos do racismo na saúde, as comunidades de terreiros e o SUS e a importância da divulgação da doença Anemia Falciforme na Educação. Confirme sua presença. A quantidade de vagas é limitada.

Palestrantes:
Dr. José Marmo da Silva
Coordenador da Rede Nacional das Religiões Afro-Brasileiras e Saúde
Tema: Religiões Afro-Brasileiras e o Sistema Único de Saúde.

Sra. Ilka do Carmo
Instituto Afro-Brasil Cidadão
Tema: A Importância da Interseccionalidade do GT de Doenças Falciforme e o Setor da Educação.

Inscrições:
contato@portalciafro.org.br
Tels: 3761-3354 / 7837-3710

Realização:
CIAFRO
Centro de Integração da Cultura Afro-Brasileira

Assessor de Igualdade Racial participa de Encontro de Educadores Negros

O assessor de Igualdade Racial de Maringá, Ademir Felix de Jesus, participou na semana passada do V Encontro de Educadoras e Educadores Negros do Paraná

O assessor de Igualdade Racial de Maringá, Ademir Felix de Jesus, participou na semana passada do V Encontro de Educadoras e Educadores Negros do Paraná, que debateu a mudança no espaço escolar e a transformação da prática pedagógica dos educadores. Cerca de 600 representantes de todas as regiões do Estado se reuniram em Faxinal do Céu, para discutir a implantação das diretrizes da Lei 10.639/2003, que torna obrigatório a inclusão da temática “História e Cultura Afro-Brasileira” no currículo escolar.

Foram oito temas centrais: a contribuição do afrodescendente na construção do Brasil, religiosidade, história, quilombos, cultura, folclore, saúde e doenças afro. “Todos os municípios do Paraná participaram do evento e estão integrados no debate da implantação da legislação”, informou Felix de Jesus.

A expectativa, de acordo com a Secretaria…

Aulas de História afro na Justiça

Perícia no currículo das escolas de todo o estado vai fiscalizar presença de disciplina obrigatória sobre cultura negraPOR RICARDO ALBUQUERQUE, RIO DE JANEIRORio - A ‘guerra santa’ entre evangélicos e umbandistas causada pela leitura em sala de aula do livro ‘Lendas de Exu’, de Adilson Martins, está longe do fim. Medida cautelar na 2ª Vara de Fazenda Pública exige perícia no currículo das escolas públicas e privadas do Estado do Rio para saber como a disciplina ‘História e Cultura Afro-Brasileira’, obrigatória nas redes de ensino desde 2003, está sendo aplicada.

Adilson Martins já escreveu quatro livros inspirados na cultura afro. Foto Carlo Wrede/Agência O Dia Quatro ONGs do movimento negro impetraram a ação, há um ano e quatro meses, por desconfiar que os colégios desrespeitam a Lei 10.690/03, que incluiu a matéria no currículo escolar oficial. O Centro de Articulação de Populações Marginalizadas e a Comissão de Combate à Intolerância Religiosa estimam que menos de 50% das escolas no …

BOLETIM INFORMATIVO

Secretário abre I conferência Estadual de Saúde Ambiental

Foi aberta na noite de ontem, 27, a “I Conferência Estadual de Saúde Ambiental”. O evento, que reuniu cerca de 300 delegados representantes dos 75 municípios do Estado, contou com a participação dos Secretários de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Márcio Macêdo e o da Saúde, Rogério Carvalho. A realização da conferência prossegue na manhã de hoje, 28, no Centro de Convenções de Sergipe (CIC).Durante abertura da conferência, realizada no Petroclube, Praia de Atalaia, o secretário do Meio Ambiente, Márcio Macêdo, falou da importância da realização da conferência para o Estado de Sergipe. “A conferência de saúde ambiental é um momento histórico para todo o país por buscar uma melhor qualidade de vida para todos. A grande especialidade desta conferência é que a construção das políticas públicas, que nascerão desse momento, serão escritas também com as digitais do povo sergipano”, comemora.Márcio Macêdo fez uma breve d…

BOLETIM INFORMATIVO

Países africanos querem tecnologia para pré-salOs países africanos que já têm no Brasil um dos seus principais parceiros comerciais, cujo intercâmbio já chega a R$ 80 bilhões anuais – sendo que mais que de 50% representam importações brasileiras – querem que o Brasil disponibilize a tecnologia para exploração de petróleo na camada pré-sal naquele continente. Países como Cabo Verde e Senegal, situados na costa oeste da África, acreditam serem detentores de reservas significativas de petróleo, numa área idêntica à do Brasil, já que há cerca de 150 milhões de anos a América do Sul e a África estavam juntas e, após se separarem, uma parte do pré-sal ficou na costa brasileira e outra na africana. Protagonismo - A questão energética, investimentos em infraestrutura e mecanismos de financiamento são alguns dos assuntos que estão sendo tratados por representantes de 12 países africanos reunidos no Colóquio Brasil-África, que acontece, no Gran Hotel Stella Maris Resort, em Salvador. Realiz…

VOCÊ SABIA ?

Conferência Nacional de Cultura mobiliza municípios fluminensesChico Junior | Estado do Rio | 25/10/2009 11:49
Cinquenta e sete municípios do Estado do Rio estão mobilizando o setor cultural com o objetivo de apresentar propostas que possam contribuir para a formulação do Plano Nacional de Cultura, que será discutido, em março do ano que vem, durante a 2ª Conferência Nacional de Cultura, em Brasília. Antes disso, porém, os estados têm até o dia 15 de dezembro para realizarem as suas conferências estaduais, reunindo os relatórios feitos nas conferências municipais, que se encerram no dia 31 de outubro.

A 2ª Conferência Nacional de Cultura, organizada pelo Ministério da Cultura, será realizada de 11 a 14 de março de 2010 e terá como tema geral ‘A Cultura, Diversidade, Cidadania e Desenvolvimento". É um fórum participativo que reúne artistas, produtores, gestores, conselheiros, empresários, patrocinadores, pensadores e ativistas da cultura, e a sociedade civil em geral, com as seguin…

COMUNIDADE ÁFRICA BRASIL NA LUTA PELA SAÚDE NAS COMUNIDADES DE TERREIROS

A Comunidade África Brasil, na pessoa de nosso Diretor- Presidente Sr.Flávio Costa tem demonstrado o maior interesse em poder somar com a Rede de politicas de Saúde nas Comunidades de Terreiro, promovendo algumas reuniões nas comunidade de Terreiro na localidade de Sepetiba-RJ.

Dr.José Marmo ao lado de nosso Diretor Flávio Costa

Reuniões essas com o propósito de mobilizar vários sacerdotes e sacerdotisa do culto afro brasileiro , para que possam ter a consciência de poder unir-se a causa de lutar em favor da parceria entre o SUS - Sistema Único de Saúde , com as Comunidades de Terreiro lá existente . Pois através de algumas pesquisas , informa- se que nesta localidade existe um numero execivo de Terreiros , e com uma deficiência muito grande no atendimento a população de Sepetiba na área de saúde e também necessitando de muitas informações sobre prevenções de doenças, bem como : DST, HIV, etc....
Mesmo por falta de profissionais desta área , Por isso solicitamos que todos irmã…

UNEGRO é fundada em Itabira, cidade de Carlos Drummond de Andrade

O secretário de Comunicação da UNEGRO – União dos Negros Pela Unidade, Alexandre Braga, de Belo Horizonte - reuniu-se com um seguimento da comunidade negra de Itabira, no último dia 24 de outubro, no bairro Praia, em Itabira. O encontro com a comunidade negra teve por objetivo, fazer uma discussão com o grupo presente ao encontro para definir a criação de um núcleo da entidade no município.Segundo José Norberto de Jesus, membro da Unegro, a iniciativa da entidade, além de se expandir em Itabira e aumentar a participação no Estado de Minas, visa aproximar a população afrodescedente através do intercâmbio na busca de estratégias que visem a melhoria da qualidade de vida do povo negro no município.

Durante o encontro, lideranças e participantes puderam discutir amplamente a atual situação do negro no município e estado, bem como traçar ações que possam melhorar a qualidade e o desempenho da população negra, além de criar alternativas na área cultural, do entretenimento e cobrar dos poder…

Grupos de hip hop criam roupas mesclando rap, moda e cultura

Jovens trocam padrões estéticos americanizados pela economia solidária
Janaína Cunha Melo - EM Cultura O rapper Sagaz e a estilista Pandora se propõem a reinventar a moda das ruas, abrindo espaço para a reciclagem de roupas
A geração de bonés de aba reta, calças largas e tênis estilizados não quer mais depender dos padrões do hip hop norte-americano. Com pesquisas fundamentadas nas preferências dos jovens do Brasil, vários artistas do movimento de periferia começam a criar coleções inspiradas na cultura brasileira. Além da crítica social, já identificada no conteúdo de letras dos grupos de rap e nos grafites cada vez mais presentes na cena urbana, a moçada agora quer se vestir com personalidade, com roupas e adereços assinados por eles próprios. A ideia é inverter a lógica do mercado e criar alternativas, inclusive de economia solidária e de proteção do meio ambiente. Tudo com muito estilo.

Estudante de moda de Vitória, no Espírito Santo, MC Pandora da Luz já é identificada como a estili…

BOLETIM INFORMATIVO

Brasil: Movimento Negro protesta contra a intolerância da imprensa
Durante Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial


Salvador - Uma manifestação em Brasília, durante II Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial, contra a intolerância da imprensa brasileira em relação a questões que envolvem género e etnia foi convocada pelo Movimento Negro brasileiro. A manifestação, acompanhada de uma marcha, convocada para a sexta-feira, 26 de Junho, será concentrada no quarteirão da imprensa, onde estão sediados os maiores órgãos de comunicação de país.

Segundo os organizadores os órgão de comunicação social internacionais, a sociedade civil organizada do Brasil e do exterior e «todos aqueles que acreditam em políticas de acções afirmativas como uma forma de reduzir as desigualdades sócio-raciais no Brasil», e adiantam que os «manifestantes informam que não concederão entrevista ou darão declaração à imprensa nacional, como parte do protesto».

A organização afirma também que divers…

História e cultura afro são tema de seminário

O papel da cultura afro-brasileira na história do Brasil e sua tradução nas salas de aulas de Venâncio Aires foram tema do seminário proposto pela Secretaria Municipal de Educação, nessa sexta-feira, no auditório do Colégio Oliveira Castilhos. Durante todo o dia, professores da rede municipal de ensino debateram a introdução da cultura negra nos currículos escolares e o papel da escola no combate às discriminações raciais.

Apesar de prevista em lei desde 2003, a temática História e Cultura Afro-Brasileira nas bases curriculares ainda é tabu. Em pronunciamento da secretária municipal de Educação, Rosange Lehmen de Moraes, o destaque fica por conta da intolerância ainda presente na sociedade composta por brancos, negros e miscigenados. “Se o que verdadeiramente diferencia brancos de negros são apenas poucos cromossomos responsáveis pela produção de melanina na pele, de onde vem nossa intolerância? E qual é o nosso papel de educadores para mudar esse cenário social?”, questionou ela.

Na …

A conferência da Igualdade Racial e os desafios para luta contra o racismo

Nos dias 25, 26, 27 e 28 de junho de 2009, se realizará em Brasília, no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, a 2ª Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial - 2ª Conapir, oficialmente seu objetivo é de avaliar e repactuar as diversas ações em andamento, firmar, em diálogo sociedade civil e governo, novas metas e compromissos para estabelecer a agenda futura das políticas públicas de promoção da igualdade racial no Brasil. Considero que as conferências de políticas públicas é mais um avanço do Governo Lula. Precisamos valorizá-las, pois podem contribuir sobremaneira com o desenvolvimento do diálogo entre o Estado e a sociedade civil organizada. Apesar dos grandes limites e que o palco mais viável para o movimento popular combater sejam as ruas, não podemos negar que as conferências têm mobilizado grandes contingentes, por isso podem ser um instrumento positivo para garantir pressão e participação popular na formulação e implantação das políticas públicas. A 2ª Conapir se re…

Confira a simplicidade e genialidade dos artistas populares

A moça que escolhe o vestido mais novo e se arruma toda para ir à missa no domingo. A baiana que vende seu acarajé. Os orixás, os santos católicos e o sincretismo religioso. As festas de largo, a escassez do sertão ou as cores do Pelourinho. Todos estes são elementos refletidos na arte popular baiana. Seus protagonistas, homens e mulheres que não aprenderam a ser artistas na escola, exprimem em barro, madeira e outros materiais o modo de viver de uma gente, do povo, e acima de tudo, espelham em suas obras aquilo que viram e viveram. “A história, o entrelaçamento das raças e o sincretismo religioso na Bahia fazemdo estado um celeiro muito forte para as artes”, afirma Tânia de Maya Pedrosa, uma das grandes admiradoras de arte popular do Brasil, além de colecioná-las. A colecionadora, que nasceu em Maceió, tem peças de artistas de todo o Brasil, mas mantém a maioria de seu acervo com obras nordestinas. “Apesar de ser de uma família burguesa, sempre olhei com muito valor para a cultura do…